google.com,pub-9597097359230576,DIRECT,f08c47fec0942fa0 google.com,pub-9597097359230576,RESELLER,f08c47fec0942fa0

Reajuste de medicamentos afeta orçamento de quem faz uso contínuo

Com o aumento de até 10% dos remédios, o consumidor agora terá que pesquisar laboratórios e preços!

Prevê-se que as drogas excedam a taxa de inflação pela primeira vez em uma década.

A expectativa da indústria é de reajuste anual do governo federal de 12,5%.

Se isso for confirmado no Diário Oficial da União de hoje, terá um grande impacto no dia a dia das pessoas e da indústria farmacêutica.

O novo preço entrará em vigor em todo o país a partir de hoje. > O estudo constatou que a Comunidade Europeia não tem leitos suficientes Para Maurício Filizola, tesoureiro da Federação do Comércio Varejista Farmacêutico do Estado do Ceará (Sincofarma), o aumento foi alto e todos perderam.

Ele disse: “Perderam-se distribuidores, farmácias e clientes.” O diretor lembrou que houve um aumento de cerca de 6% no ano passado. Ele analisou: “ As oscilações da taxa de câmbio e a alta taxa de inflação (Brasil) são um dos fatores que afetam o maior aumento neste ano. 

You May Also Like